2625942 Nº Visitas

Dicas antes de escolher o seu Painel Solar Fotovoltaico.

Antes de escolher o seu Painel Fotovoltaico, você sabe o que levar em consideração?
Preparamos este artigo com alguns pontos que devem ser levados em consideração antes da aquisição do seu Painel.

1) A garantia;

Para análise de qualidade de um painel fotovoltaico, somente uma análise de orçamento não é o bastante, é necessário pedir para o fornecedor a ficha técnica do aparelho para verificação de normas técnicas e funcionalidades. Grande parte dos painéis fotovoltaicos possui a garantia de potência mínima de 25 anos a 80% de sua potência original. Um dos critérios principais é verificar se a garantia é apoiada por uma entidade brasileira que deve cumprir as leis de proteção do consumidor caso haja alguma falha no desempenho do painel. 

Faça as seguintes perguntas ao fornecedor:

  • Qual o procedimento caso haja algum problema com o painel?
  • Quanto tempo a assistência leva para identificar o problema?

Se as respostas forem vazias e evasivas algum ponto esta desalinhado, pense sempre que a partir do momento que você adquire um painel fotovoltaico ele é a sua fonte de energia e se caso de algum problema qual será o dano para o seu negócio?

2) Funcionalidade do Painel;

Quando falamos em funcionalidade do painel solar fotovoltaico, falamos da porcentagem de energia solar que atinge a superfície do painel que é a área fotovoltaica que transforma em energia elétrica para consumo. Ou seja o cálculo de quantos Watts por M2 o painel solar gera.
Quanto maior for a funcionalidade e eficiência do painel mais Watts por M2 o sistema irá gerar.
Na hora de escolher o seu painel fotovoltaico vale a pena fazer o custo x benefício do produto. No mercado existem painéis fotovoltaicos de Sílicio Cristalino que são os mais utilizados no mercado, a eficiência comercial vai de 13% a 16%. Um painel com a eficiência maior que 16% é considerado um painel “premium” com maior durabilidade e eficiência.

3) Escolhendo o fornecedor;

Com a quantidades de fornecedores de painel que o mercado oferece qual o melhor a se escolher? Separamos alguns passos importantes para se fazer antes de escolher o seu painel:

  • Pesquise sobre o fornecedor, tempo de mercado, reclamações, indicações etc;
  • O site aparenta ser confiável? Quando foi a última atualização?
  • Caso não for nacional, possui escritório no Brasil?

Com esta pesquisa feita você consegue ter ideia de como o fornecedor se comporta em relação ao cliente.

4) Variação de Potência;

A variação de potência é a energia real gerada pela placa de energia fotovoltaica. Geralmente é indicada na folha técnica do produto. É mencionada a variação por tolerância, por exemplo: Um painel de 165W com uma tolerância de +ou- 5% poderá produzir entre 156.75W até 173.25W

Alguns fabricantes possuem a garantia de “tolerância positiva”, que garante a produção de energia que está especificada no painel solar. Por exemplo: um painel com potência de 200W especificada e uma tolerância de +5% e -0% irá produzir um mínimo de 200W e uma máxima de 210W

É necessário estar atento a esta informação uma vez que afeta diretamente a quantidade de energia que o aparelho vai gerar.

5) Qualidade da moldura (quadro de alumínio);

A moldura do painel é um bom indicador da qualidade de fabricação, uma análise rápida antes de adquirir o seu painel é analisar os cantos do painel se foram colados, não é aconselhável pois com o calor e humidade pode soltar com o tempo. É aconselhável sempre adquirir um painel aparafusada ou soldada.
Caso o painel fique exposto e a aparência seja essencial para você, escolha o com molduras anodizado em preto, eles possuem uma estética melhor e não dão tanto reflexo com a luz solar.

6) Analise da Backsheet – Camada interior;

Os painéis fotovoltaicos por obrigatoriedade necessitam de uma folha de plástico que deve ser colada na parte de trás do painel para proteger as células fotovoltaicas. Deve-se observar se a folha está com bolhas de ar ou sinais de que irá descolar fácil, se apresentar estes aspectos significa que é um painel de baixa qualidade.

7) Diodos Bypass;

Se você optar por escolher um painel Mono ou Multi Cristalino, os diodos Bypass são obrigatórios. Eles são aplicados em cada célula fotovoltaica do painel na parte de trás e evitam que uma célula faça o trabalho por duas, dissipando uma potência muito grande que possa causar danos ao sistema. Também atuam no sentido de evitar uma queda de potência efetiva. Se o seu painel não possui o diodos by-pass uma pequena sombra em uma parte do painel pode afetar a produção de energia do painel todo.

8) Custo do Painel Solar Fotovoltaico;

Você precisa sempre levar em consideração o cálculo de quantos Watts de potência você está levando pelo valor pago R$.
Lembre-se você recebe pelo que você paga, seja cauteloso ao escolher um sistema solar apenas pelo preço. Tenha certeza de comprar corretamente o sistema, levando em conta: Garantia, serviços, suporte técnico, qualidade e produto.

9) Coeficiente de temperatura;

O coeficiente de temperatura é o número que descreve a forma como o painel fotovoltaico lida com temperaturas elevadas, maior que 25° Celsius.
As unidades do coeficiente são expressas em %. Quanto menor a temperatura melhor. Quanto mais sol no seu telhado você receber mais energia você pode gerar. Não se esta % for muito alta, em dias muito quentes o desempenho cai.
Um coeficiente de temperatura elevada é um sinal de painel de baixa qualidade. Uma porcentagem razoável é entre 0,4 e 0,5%. Acima de 0,6% é um sinal de alerta. Entre 0,45 e 0,3% é sinal de um excelente painel solar fotovoltaico.

Com estas informações você está pronto para dar o primeiro passo para a escolha do seu painel de energia solar fotovoltaica. 

 

 

 

fale com a solar

Agência Next4 criação de sites