Skip links

Efeito do sombreamento em módulos solares fotovoltaicos e consequências para o arranjo solar em sistemas de geração de energia solar fotovoltaica (parte II)

No post de hoje, falaremos sobre como o efeito do sombreamento age sobre os módulos conectados em série, ou seja, como ele afeta a geração do sistema fotovoltaico.

Quando da instalação de um sistema fotovoltaico, devemos antecipadamente fazer um estudo de viabilidade técnica e nele observar a questão do sombreamento ou efeito sombra.

O efeito sombra nada mais é do que a energia perdida que poderia ser captada, mas deixam de ser por conta de obstáculos que dificultam esta captação, normalmente relacionados a fatores tais como:

  • Perdas por sombreamento, seja ele temporário (sujudade) ou resultantes da localização do sistema ;
  • Perdas por inclinação e orientação inadequada;
  • Não observação da distância mínima entre as fileiras de módulos solares fotovoltaicos. Isso mesmo, os próprios painéis solares poderão sombrear uns aos outros.

Na conexão de placas solares em série, somamos a potência individual de cada módulo solar, bem como a tensão, se não tivermos sombreamento neste arranjo, teremos um ponto de máxima potência único. Quando há sombreamento no sistema e alguns módulos ficam sombreados e outros não, a curva apresenta mais de um ponto MPP, o que ocorre é que não há aproveitamento máximo dos módulos que NÃO estão sombreados, ou seja os módulos sombreados atrapalham os módulos não sombreados.

Os inversores centrais proporcionam alta eficiência e baixo custo, no entanto, a sua utilização é limitada a módulos solares fotovoltaicos com características elétricas iguais e condições de sombreamento parecidas, isso devido ao fato  do sistema não ter a capacidade de identificar diferentes  pontos de máxima potência, assim, a eficiência será menor.

Sendo assim, surge a pergunta: Como minimizar o impacto do sombreamento?

1-) Escolha um inversor com mais de uma entrada MPPT e separe as áreas sombreadas das áreas não sombreadas, formando strings independentes, isso dará maior eficiência ao sistema fotovoltaico.

Cada string de painéis é ligada a uma entrada MPPT , esta técnica reduz perdas ocasionadas por sombreamentos .

2-) Utilize microinversores que se concentram em um único módulo solar individualmente.

Ou seja,  a análise do sombreamento em instalações fotovoltaicas é importantíssima uma vez que tem impacto significativo na geração de energia solar e consequentemente no retorno do investimento feito. Para enfatizar este reflexo, em países onde a energia solar é subsidiada, as concessionárias não dão benefício caso o índice de sombras seja superior a 20% ao longo do ano.

Esperamos ter esclarecido esta questão.

Baixe nossa cartilha sobre energia solar