Skip links

Você já ouviu falar em ciclo de vida e profundidade de descarga de uma bateria?

Todo fabricante de baterias fornece em seu manual técnico informações sobre o número máximo de ciclos (carga e descarga da bateria) durante a sua vida útil. Este valor está relacionado com a profundidade máxima de descarga da bateria.

Na prática, uma bateria poderia ser descarregada até que a tensão entre o terminal positivo e negativo atingisse 0V. Neste caso, toda a energia armazenada pela  bateria haveria sido retirada. Contudo, nestas condições de descarga, a bateria iria perder rapidamente a sua vida útil.

Uma forma de proteger as baterias e garantir uma vida útil satisfatória é estabelecer um valor limite de descarga. A profundidade de descarga é a percentagem de carga retirada da bateria numa determinada descarga, considerando 0% quando não se descarrega nada (100% carregada)  e 100% de profundidade de descarga ( 0% de carga), o que se dá geralmente quando a tensão da bateria com tensão nominal de 12V atinge cerca de 10,5V.

Quanto maior for a profundidade de descarga, menor será a vida útil de sua bateria. Por isso é muito importante respeitar a profundidade de carga estabelecida no dimensionamento de seu sistema quanto ao tamanho do seu banco de baterias.

Os controladores de carga de boa qualidade fazem este gerenciamento, garantindo a durabilidade de sua bateria. Invista sempre em controladores de qualidade. Neste caso, o barato sai caro.

Veja no gráfico abaixo uma curva que mostra a relação da profundidade de descarga X ciclo de vida da bateria – usamos como exemplo uma bateria TUDOR na classe C20.

E quando eu sei que o ciclo de vida da minha bateria acabou? 

Muito simples: pode ser identificado quando a bateria não conseguir  apresentar uma carga superior a 80% da carga nominal.

Quer ficar fera em baterias? Se liga no nosso próximo post…

Baixe nossa cartilha sobre energia solar