Skip links

Hotéis com energia solar: uma nova demanda do mercado

A geração e uso de energia solar fotovoltaica em hotéis não é somente uma maneira de reduzir drasticamente os gastos com energia elétrica. Em tempos de discussões acaloradas sobre mudanças climáticas e preservação do meio ambiente, a utilização de uma fonte de energia limpa e renovável está deixando de ser um mero diferencial na hora de atrair e reter hóspedes e se tornando uma exigência do mercado. Muitos consumidores já optam por não gastar dinheiro com empresas que não estão comprometidas com a preservação do planeta.

Férias costumam ser sinônimo de descanso. Nada como relaxar em uma piscina aquecida, tomar um banho longo e bem quentinho, aproveitar uma cama macia com lençóis perfumados. Todos esses confortos oferecidos pelos hotéis significam custo elevado, já que demandam alto consumo de energia elétrica. Os proprietários de hotel comumente gastam mais com energia elétrica do que com a folha de pagamento. 

Além disso, também é preciso levar em consideração o impacto do alto consumo de energia elétrica no meio ambiente. A construção de hidrelétricas implica em desmatamento e destruição de diversas espécies da fauna e da flora, além de alterações climáticas em seu entorno, pela criação de reservatórios artificiais e inundação de áreas de mata. 

A boa notícia é que hotéis podem melhorar seu balanço financeiro e reduzir o impacto no meio ambiente por meio da geração de energia elétrica a partir da energia solar. Há diversas linhas de financiamento disponíveis para hotéis que optarem por gerar e utilizar energia limpa e renovável. O retorno no investimento é garantido – e o valor agregado ao hóspede, imensurável.

Vale a pena investir em energia solar para o meu hotel?

Apesar de muitos empresários considerarem o investimento inicial alto para a instalação de painéis de energia solar fotovoltaica, é importante pensar nos benefícios em longo prazo. 

A economia com a conta de luz do estabelecimento poderá ser percebida logo no início da instalação, não importa a localização do seu hotel. Mesmo nos casos de hotéis localizados em regiões mais frias, ou com menor incidência solar, é possível garantir bom aproveitamento com a instalação de um número maior de painéis solares.

A energia solar fotovoltaica pode substituir não somente o uso de energia elétrica convencional, mas também o de geradores à combustão no caso de hotéis ou pousadas inteiros, ou somente nas partes do estabelecimento que fiquem distantes da área com redes de distribuição de energia elétrica. 

Outro ponto positivo importante do uso da energia solar em hotéis, especialmente naqueles localizados em áreas remotas e com pouco acesso à distribuição de energia elétrica local, é que o estabelecimento não ficará mais sujeito às oscilações e problemas na rede elétrica convencional, nem à variação na tarifa das distribuidoras de energia. Apagões e quedas de energia podem resultar em hóspedes insatisfeitos, e prejudicar a reputação do seu negócio. 

Por último, mas não menos importante: a energia solar é uma energia limpa e sustentável, que não polui nem gera impactos negativos ao meio ambiente. Ao aderir a esse tipo de energia, o hotel ajuda a preservar o planeta e, ao mesmo tempo, garante uma percepção da empresa como sendo ecologicamente responsável perante os hóspedes, que se preocupam cada vez mais com os impactos e iniciativas dos fornecedores no que tange ao meio ambiente e à sociedade onde estão inseridos.

Crédito para instalação de energia solar fotovoltaica em hotéis

Hoje existem diversas linhas de crédito que visam tornar os hotéis no Brasil mais atraentes e, principalmente, mais sustentáveis. Dependendo da região, é possível inclusive conseguir alguns benefícios fiscais para estabelecimentos hoteleiros que utilizem energia limpa.

Um exemplo dos financiamentos disponíveis é o Investgiro Turismo, da Caixa Econômica Federal, específico para micro, pequenas e médias empresas, que tem como alvo empreendimentos da cadeia produtiva turística com faturamento anual de até R$ 7,5 milhões. 

O Prodetur +Turismo, parceria do BNDES com o Ministério do Turismo, também disponibiliza linhas de créditos para serviços e projetos turísticos de micro, pequenas e médias empresas do ramo hoteleiro, como o Cartão BNDES, o BNDES Automático e o BNDES Giro. Já grandes empreendimentos de infraestrutura turística podem ser apoiados por meio da linha BNDES Finem.

Como os tipos de crédito variam muito de uma região para outra, e também de acordo com o tamanho do estabelecimento, é importante conversar com um consultor de confiança na área de energia solar fotovoltaica, que poderá esclarecer todas as dúvidas referentes a documentações e procedimentos necessários para pleitear financiamento e outros incentivos. 

Baixe nossa cartilha sobre energia solar