Skip links

Qual a diferença entre energia fotovoltaica e aquecimento solar térmico?

Há uma grande confusão entre o que é aquecimento solar e o que é energia solar fotovoltaica. Mas para quê cada uma serve? Quais as vantagens e limitações de cada uma? Vamos tentar esclarecer esses pontos hoje.

À primeira vista, essas duas tecnologias são bem semelhantes, pois tanto a fotovoltaica quanto o aquecimento solar térmico precisam do Sol para funcionar. Mas, então, o que as torna diferentes?

De maneira prática, aquecedores solares, são exclusivamente para o aquecimento  da água utilizada em chuveiros, piscinas e torneiras. Já sistemas fotovoltaicos tem a função de gerar energia elétrica, distribuindo-a para o consumo em diversos aparelhos elétricos, exatamente a mesma função da energia elétrica distribuída por meio convencional. 

Como funciona o aquecimento solar

O aquecimento da água acontece por meio de placas solares térmicas instaladas geralmente nos telhados que captam o CALOR DO SOL. Esse calor é transferido para a água que circula no interior das tubulações de cobre. A água quente é armazenada em um reservatório térmico especial (chamado de Boiler) que manterá a sua temperatura até o a utilização. 

Usar o aquecimento solar em vez de um chuveiro elétrico, por exemplo, possibilita uma redução drástica no consumo da energia, por ser um  um dos itens que mais consomem eletricidade em uma casa. 

O funcionamento da energia fotovoltaica

A maior diferença entre a energia fotovoltaica e o aquecimento solar é que na primeira a captação de irradiação solar é transformada em energia elétrica. Quanto maior a radiação solar, maior será a quantidade de eletricidade produzida. Após ser captada e transformada, essa fonte de energia pode ser utilizada para fazer funcionar qualquer tipo de aparelho elétrico. 

Existem duas principais vantagens no uso da energia fotovoltaica. Primeiro, mesmo tendo seu pico de captação em dias ensolarados, a energia continua a ser produzida em dias nublados ou chuvosos.   

Segundo, quando temos um sistema conectado à rede elétrica convencional, o que não for consumido não será desperdiçado. Quando se gera muito mais energia do que se consome ao longo do dia, o excedente é direcionado para a rede de distribuição e transformado em crédito para ser utilizado durante o período noturno. E se ainda houver excedentes, esses créditos poderão ser utilizados, por exemplo, para desconto em contas de luz em outras propriedades com o mesmo dono e com a mesma distribuidora.

Ambas as tecnologias são destinadas a  diminuir o impacto ecológico e aproveitar a fonte de energia solar, através de painéis de captação de luz e calor. A energia fotovoltaica é uma solução mais completa, pois é capaz de gerar energia para qualquer equipamento, enquanto o aquecimento solar, como seu próprio nome sugere, tem a função de aquecer a água.

Cada solução pode se adequar melhor às expectativas, necessidades e o quanto cada consumidor tem disponível para investir.

Baixe nossa cartilha sobre energia solar